O processo de investigação – 1ª fase – 2ª parte

No documento elaborado pela professora Alda Pereira intitulado de “O processo de investigação”, são clarificados alguns conceitos fundamentais:

Paradigma – “quadro geral que determina a teoria e a investigação e que inclui as assunções principais, os modelos de investigação e os métodos” (Neuman, 2006)

São vários os paradigmas que orientam os processos de investigação. O que os distingue?

  • objectivo da investigação
  • natureza da realidade social
  • visão sobre o homem
  • visão sobre o senso comum
  • natureza da teoria e da explicação
  • perspectiva sobre os valores

Neste documento são identificados três paradigmas, os quais apresentam diferentes perspectivas sobre a investigação:

Positivista/Normativo – a investigação é impessoal e objectiva, realizada do exterior, aspira à generalização e recorre a métodos quantitativos.

Interpretativo – a investigação é subjectiva, o investigador envolve-se com o objecto de estudo (individuo), recorre a métodos qualitativos.

Crítico – o investigador surge como participante, o qual investiga a sociedade, os grupos e os indivíduos, está orientado para a acção.

Sem dúvida que estas clarificações iniciais são fundamentais para o percurso a decorrer nesta U.C.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s